segunda-feira, 4 de setembro de 2017

Coral Dom Eduardo comemora Jubileu de 50 anos com programação especial em setembro


Não é todo dia que um coral faz 50 anos de forma atuante e com constante diálogo com sua comunidade, sendo referência para outros grupos que surgiram ao longo desse tempo. Para comemorar o Jubileu, o Coral Dom Eduardo inicia a programação com um grande show no dia 15 de setembro, às 19h, no Teatro Municipal de Ilhéus, e tem como convidados o Coral da UESC, o Coral dos Servidores da CEPLAC e o Coral Mokiti Okada de Ilhéus. Os ingressos serão vendidos na bilheteria do Teatro e na secretaria da Catedral Diocesana no valor de R$ 5. As atividades seguem até o dia 30, com celebrações, exposição fotográfica e inauguração do Memorial do Coral Dom Eduardo.


“O Jubileu em comemoração ao cinquentenário do Coral Dom Eduardo foi planejado com muito carinho e dedicação para ser um grande evento para a nossa cidade, condizente com a grandeza da comemoração, não esquecendo de homenagear as várias pessoas que foram importantes para a criação e existência do grupo”, afirma Nylson Valença, coordenador do Coral da CEPLAC, que também divide a organização da festa com o maestro e produtor cultural Antônio Melo, o padre Aldemiro Senna, a regente do Coral Dom Eduardo, Gilda Maria, e as coordenadoras, Glória Pereira e Maria da Luz Pereira. A produção do evento é da VejoArte Soluções Culturais.

Para a corista Angélica Carvalho, 82 anos, atuante no grupo desde a fundação, cantar no Coral é motivo de muita satisfação, alegria e momentos sublimes. "Ao longo desse tempo sempre me dediquei ao Coral Dom Eduardo com compromisso e, sobretudo, com muito amor. Posso dizer que aprendi muito com o grupo, com minhas companheiras e meus companheiros. É uma parceria que só tem trazido bons frutos para mim. Continuo aqui ainda firme até quando eu puder cantar. Peço sempre a proteção divina para que o Coral Dom Eduardo consiga seguir em frente, pois tenho a certeza que já é considerado um patrimônio cultural de Ilhéus".

A participação da comunidade para a realização das atividades comemorativas tem sido intensa. Além de um Balaio Junino, o grupo tem angariado recursos por meio de um Livro de Ouro, assinado por amigos, empresas e todos que desejem colaborar com o cinquentenário.



Para os próximos anos, o Coral já planeja ações para sua ampliação. Para isso, pretende receber novos coristas; manter a agenda em eventos religiosos e culturais; ter uma sede permanente na Catedral de São Sebastião, que funcionará também como Memorial; e continuar envolvendo a comunidade e a Igreja na doação de recursos para manutenção do grupo.


Sobre o Coral Dom Eduardo - Criado em setembro de 1967, por ocasião da sagração da recém-construída Catedral Diocesana de São Sebastião, que contou com a participação do Núncio Apostólico Dom Sebastião Baggio, o Coral Dom Eduardo teve como primeira responsável a madre Dominique Le Berre (Adeline Le Berre), freira Ursulina. Após sua saída, assumiu a pianista Thylda Silva, que continuou os trabalhos por muitos anos, consolidando o coral na região cacaueira, participando de momentos marcantes como a inauguração do Porto Internacional do Malhado e da Pedra Fundamental da FESPI. Também assumiram a regência do Coral Dom Eduardo o maestro Dioscar, o maestro Antônio Melo, a maestrina Solange Skromov e o maestro Luiz Gonzaga. Atualmente, o Coral está sob a batuta da regente Gilda Maria e a coordenação de Glória Pereira, que há 30 anos mantém firme a dedicação  e serviço religioso do coral.
  
Confira a programação do cinquentenário do Coral Dom Eduardo

Dia 15 de setembro (sexta-feira) - Apresentação do Coral Dom Eduardo no Teatro Municipal de Ilhéus, às 19h, com outros Corais convidados: Coral da UESC, Coral dos Servidores da Ceplac e Coral Mokiti Okada de Ilhéus.
Dia 21 de setembro (quinta-feira) – Missa Solene na Catedral de São Sebastião às 19h.
Dia 24 de setembro (domingo) - Abertura do Congresso Eucarístico na Catedral de São Sebastião às 19h.
Dia 26 de setembro (terça-feira) - Celebração do Congresso na Catedral de São Sebastião às 19h.
Dia 30 de setembro (sábado) - Celebração do Congresso e Apresentação do Coral na Catedral às 19h.
De 15 a 30 de setembro - Exposição de fotos, documentos, figurinos e outros itens que compõem a historia do Coral, no Teatro Municipal de Ilhéus.

0 comentários:

Postar um comentário