sexta-feira, 10 de agosto de 2018

Teatro Popular prepara novo espetáculo da Trilogia da Guerra


Quando, em 2017, o Teatro Popular de Ilhéus montou “Os fuzis da Senhora Carrar”, o grupo havia dado início à Trilogia da Guerra. A pesquisa em torno do Teatro Épico do poeta e dramaturgo alemão Bertold Brecht fez com que o TPI se debruçasse sobre três obras com temáticas semelhantes envolvendo a guerra: Os fuzis da Senhora Carrar, Mãe Coragem e seus filhos e A Santa Joana dos Matadouros.

Nesta segunda montagem, passada na guerra dos trinta anos, o TPI se prepara para contar a trajetória de Anna Fierling, uma vivandeira, apelidada de Mãe Coragem, que acompanha o exército sueco com sua carroça e vive os horrores da guerra que a faz lucrar.

O novo espetáculo, chamado Uma certa Mãe Coragem, tem direção de Romualdo Lisboa e texto de Paulo Atto, que adaptou a obra de Brecht com uma linguagem perspicaz e em sintonia com o Teatro Popular de Ilhéus. A trilha sonora é assinada por Antônio Melo.


A peça, que estreia em setembro na Tenda TPI, conta com o elenco formado por Ely Izidro, Tânia Barbosa, Takaro Victor, Franklin Costa, Pedro Albuquerque, Aldenor Garcia, Maria Cândida, Pablo Lisboa, Genícia Barbosa e Laiane Vitória. Cenário, figurinos e adereços são assinados por Shicó do Mamulengo, que conta com os alunos do Curso de Figurino e Adereços do Teatro Popular de Ilhéus na confecção das peças.

Ao dar continuidade à Trilogia da Guerra, Romualdo Lisboa explica que “o TPI quer, a partir de suas ferramentas, analisar o Brasil. Um país de grandes possibilidades, mas que está sujeito a todo instante aos fantasmas do fascismo, da ignorância, do machismo, preconceito, discriminação. E quer, para além de tudo, mostrar que uma nova sociedade é possível, mais justa, libertária e humana”.


NOTA: PROGRAMAÇÃO DE AGOSTO NA TENDA TPI

Por conta da montagem do espetáculo Uma certa Mãe Coragem, que tem estreia prevista para o mês de setembro, a Tenda Teatro Popular de Ilhéus terá a programação reduzida este mês.

Tânia Barbosa, coordenadora de programação do espaço cultural explica que “por conta do caráter pedagógico da Tenda, as aulas de bateria, figurino, violão, teclado e capoeira estão mantidas, entretanto, com as pautas destinadas aos ensaios, só teremos a apresentação da peça O brinquedo de João Redondo, do artista Shicó do Mamulengo. Ainda faltam ser definidos os horários, mas a atividade será nos dias 17 e 25 de agosto ”.

Único espetáculo a se apresentar este mês na Tenda TPI, O brinquedo de João Redondo é uma contação de histórias do artista potiguar Shicó do Mamulengo. Com a linguagem popular e a comicidade lúdica, o ator nascido em Açú-RN interage com a plateia e mantem a diversão garantida.

A Tenda TPI está localizada na Avenida Soares Lopes, próxima ao Cine Santa Clara, e é administrada pelo Teatro Popular de Ilhéus, grupo apoiado pelo Fundo de Cultura do Estado da Bahia.

Observação: As aulas de bateria, figurino, violão, teclado e capoeira seguem acontecendo normalmente (todas com inscrições abertas). Mais informações pelo telefone 73 4102-0580 ou no sitewww.teatropopulardeilheus.com.br.




- Data: agosto 10, 2018 / Por: Antônio Melo | Comente!  Edit

0 comentários:

Postar um comentário