quarta-feira, 5 de dezembro de 2018

Ilhéus terá representante em estudo que transforma a Funarte em Agência Nacional de Artes


O município de Ilhéus foi convidado pelo grupo de reestruturação orgânica da Fundação Nacional de Artes (Funarte) para participar da apresentação do estudo de transformação do órgão em Agência Nacional de Artes (Anarte).  A reunião acontece nesta quinta-feira (6), a partir das 14 horas, no Rio de Janeiro, e contará com a presença do secretário municipal da Cultura (Secult), Pawlo Cidade. Na sexta-feira (7), ele participa também de encontro com diretores da Sociedade Brasileira de Autores Teatrais para tratar da questão de direitos autorais em dramaturgia e a possibilidade de representação do órgão no sul da Bahia.
Pawlo Cidade informou que o projeto de modernização institucional da Funarte tem o objetivo de buscar alternativas que proporcionem um modelo de modernização administrativa, com receitas próprias e capacidade para captar recursos. Para isso, foi estabelecido um grupo de trabalho técnico que estuda desde 2016, as possibilidades de nova modelagem.
“O resultado é a proposta de transformação da fundação em agência de direito público, com ênfase no fomento e investimento. Mesmo considerando a especificidade de cada setor das artes – circo, dança, teatro, música, artes visuais e ópera –, o projeto foi inspirado na Agência Nacional de Cinema (Ancine) dada à transformação positiva que ela provocou no mercado”, ressaltou Pawlo Cidade.
O secretário lembrou que “a cultura exerce um dinamismo que para ser alcançado, precisamos caminhar na direção da contemporaneidade. Estamos por cerca de 15 anos lutando por um sistema de cultura que requer uma instrumentalização prática. Entender como a Funarte pretende se transformar numa agência de fomento e investimento em cultura é importante para o modelo de gestão em que a cultura dos municípios brasileiros se encontra”.

- Data: dezembro 05, 2018 / Por: Antônio Melo | Comente!  Edit

0 comentários:

Postar um comentário